Últimas Notícias
Brasil

Butantan entrega 1,1 milhão de doses da CoronaVac e paralisa produção

O Instituto Butantan entrega, nesta 6ª feira (14.mai), mais 1,1 milhão de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde. Com isso, o instituto também suspende completamente a produção do imunizante contra a covid-19 por falta de matéria-prima.

Butantan entrega 1,1 milhão de doses da CoronaVac e paralisa produção


Segundo o instituto, a China precisa liberar um lote com 10 mil litros de IFA (insumo farmacêutico ativo) para que a produção seja retomada. A China fornece matéria-prima para a produção tanto da CoronaVac, do Instituto Butantan, como da vacina de Oxford, produzida pela Fundação Fiocruz.

A previsão de entrega do Butantan para maio era 12 milhões de doses, mas o número cai para 5 milhões. Em junho, a meta é de entrega é de 6 milhões, caso os insumos sejam liberados. De acordo com o Butantan, até que a matéria-prima tenha autorização para ser exportada ao Brasil, a fábrica responsável pela produção da Coronavac deve produzir a vacina da gripe.

Dimas Covas, diretor do Butantan afirmou que 3 mil litros de IFA eram aguardados até este sábado (15.mai) mas não há previsão de entrega do material. “Não temos data neste momento para essa autorização. Estamos aguardando, isso pode acontecer a qualquer momento, mas por enquanto não há essa previsão”.

O governador de São Paulo, Joao Doria (PSDB), afirmou que com os 10 mil litros de IFA, o Butantan deve produzir aproximadamente 18 milhões de doses da Coronavac. Ele ainda afirmou que “as ofensas feitas a China não ofendem apenas os chineses, mas todos os brasileiros que aguardam pela vacina”.

Hoje, a CoronaVac é responsável por aproximadamente 75% das vacinas contra a covid-19 aplicadas no PNI (Programa Nacional de Imunização) do governo federal. Covas disse que a falta de imunizantes para 2ª dose é por conta de “políticas locais, tanto que não ocorre no Estado de São Paulo”.


Fonte: Poder 360.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade